De bem com a vida. Marido da Camila e pai do João. Um cara fanático pelo Green Bay Packers. O resto é perfumaria.

Bruno Gobbi (1-0) – Acredito que teremos um jogo de provação para nossa defesa. Acredito que ainda sofreremos bastante contra o ataque de atlanta, tendo alguns erros bobos, mas diferente da final de conferencia, nossa defesa vai conseguir segurar alguns drives e dar a chance ao nosso ataque prevalecer e trazer essa vitória de volta pra GB. Nosso ataque que por sinal, pra variar, está sofrendo com lesões em semana de jogo contra o falcons,com 3 dos nossos 4 OTs principais lesionados,. Isso pode acabar fazendo uma grande diferença para o jogo em favor de atlanta, mas acho que no final das contas Packers vai entrar com uma vontade absurda de mostrar a evolução do time do ano passado pra ca, e com desfalques ou nao, vai conseguir arrancar uma vitória importante , com Ty montgomery sendo o nome do jogo.  Placar: Packers 31×28 Falcons

Behs (1-0) – Quando eu apostei em 14-2 nessa temporada para o Packers, imaginei que as derrotas seriam para Atlanta e Pittsburgh. Mas to botando fé que hoje vai. Que não teremos música no fantástico pela terceira derrota consecutiva para os Falcons. É jogo para Aaron Rodgers e Montgomery fazerem a diferença. Estabelecer um bom jogo corrido e ir cansando o bom front seven dos Falcons. O Pass rush precisa funcionar. Por não ser um quarterback com boa mobilidade, Ryan pressionado normalmente se complica.  Vamos pra cima Packão!

Placar: Packers 30X24 Atlanta 

Edmar Netto (1-0) – Dos últimos 4 jogos entre Packers e Falcons, 3 foram decididos por menos de um touchdown, com a única exceção sendo o fatídico NFC Championship em Janeiro. Não espero nada de diferente do jogo de domingo a noite. Aaron Rodgers e Matt Ryan devem trocar touchdowns durante todo o jogo, e o resultado culminará na última posse de cada time.  Mike McCarthy fez um trabalho magnífico na semana passada, recebendo a bola com mais de 6 minutos no relógio segurando ela até o final, não acho que terá o mesmo sucesso no SNF, e Matt Ryan tem uma carreira de sucesso virando jogos no último quarto. A secundária aguenta firme (na medida do possível) até o fim, mas o pass rush perde o fôlego no final e os Falcons saem vitoriosos na inauguração do Mercedes-Benz Stadium. Placar final, 35×31 Atlanta com touchdown na última posse. Ficando aqui a esperança da nossa Red Zone Defense segurar o ataque e forçar uma prorrogação. Placar: Packers 31X35 Falcons

Victor Rhem (1-0) – Atípico. Esse é o melhor adjetivo para descrever a situação do Green Bay Packers nos ultimos dois encontros contra o Atlanta Falcons. Na temporada regular, estavamos na beira do precipício, corners baleados, ataque não engrenou, um rodgers aparentemente desmotivado. Ja no NFCCG, fomos obrigados a plugar um defensive tackle como guard. Em condições normais, sem lesões maiores atrapalhando o time, será um jogo bem parelho. A defesa xontra o jogo corrido do packers vem cada vez melhor, e pressão constante é o segredo contra o Falcons, como pôde ser visto com o Bears, após uma otima performance de Akiem Hicks. Convenhamos, se não fosse pelos desfalques do time de Chicago, principalmente na pessima comunicaçao do TD de 88 jardas do segundo anista Austin Hooper, a vitoria iria direta para o Soldier Field. A chave para a vitoria do Packers, alem de um bom desempenho do front seven para parar o monstro de duas cabeças em Telvin Coleman e Davonta Freeman, tambem se mostra a partir dos ultimos dois jogos de Atlanta, sendo resumido em três palavras: “Efeito James White”. O wr/rb do Patriots foi o terror da fatídica virada do 28-3, sendo uma double treat e um mismatch que a defesa de atlanta nao soube lidar. Contra o Bears, idem. A dupla Howard e Cohen se  aproveitou e pontou num jogo em que todos dariam vitoria certeira ao Falcons, dessa forma, um uso cada vez mais versatil do rb Ty Montgomery poderia ser a chave da vitoria. Placar Packers 28 – 21 Atlanta

Glauber (1-0)- Nada melhor do que estrear com vitória. A defesa se saiu muito bem. O ataque demorou a entrar no jogo. McCarthy precisa dar mais dinamismo ao plano de jogo. Usar mais Spread e no huddle é muito bem vindo, viu MC? Mas, agora não é hora de prever nada. É DIA DE VENCER LÁ DENTRO! DIA DE REVANCHE! O palpite é com o coração mesmo:  Placar: Falcons  14 X 52 Packers 

Bernardo Figueiredo (1-0) – O Packers mostrou força defensiva, algo que não teve na temporada passada, e a linha ofensiva foi melhor do que o esperado sem Bryan Bulaga. O Falcons não foi tão bem contra o Chicago Bears e sofreu para vencer. Mas tem um ataque muito forte e um front seven eficiente. O fator da inauguração do novo estádio me faz crer que teremos uma noite complicada. Placar: Packers 27, Falcons 31