Fã recente do Green Bay Packers, cada vez mais apaixonado pelo esporte e por esse time verde e amarelo.

E o pior aconteceu. Aaron Rodgers se lesionou no último jogo e ficará fora por diversas partidas, correndo o risco de não voltar mais para a temporada regular. Agora é hora do Hundley brilhar. Depois de vermos ele por tanto tempo no banco, sendo usado apenas em poucos snaps quando o jogo já está ganho, ele terá que assumir o bastão e liderar o time para mais vitórias, inclusive no próximo jogo conta o New Orleans Saints. Vitórias essas que serão mais necessárias agora que perdemos o principal jogador do time.

Sobre o ataque: Apesar de vermos constantemente Drew Brees lançar para mais de 4, 5 mil jardas, parece que esse ano o ataque não está caminhando para isso. Em jardas totais, o Saints é o 21º time, com 1861 jardas. No jogo aéreo, são o 15º time com mais jardas, com um total de 1292 jardas e no jogo terrestre, o 21º, com 569 jardas. Em número de touchdowns por passe, o ataque de New Orleans está bem, estando no top 10, na 9ª posição, com 10 touchdowns.

Os principais jogadores do ataque são o quarterback Drew Brees, e a dupla de corredores do Saints, Mark Ingram e Alvin Kamara, que foi draftados esse ano. Antes Adrian Peterson também poderia ser uma preocupação devido a sua história, mas ele foi recentemente trocado ao Arizona Cardinals. Ainda, devemos ficar atento ao Drew Brees, e sermos cautelosos com ambos os running backs, que podem ajudar o ataque a se manter em campo, gastar o relógio e tornar a defesa mais difícil.

Drew Brees (foto: www.denverpost.com/sports/)

Sobre a defesa: Diferente dos últimos anos, a defesa do Saints não tem se saído tão mal. Pelo menos em jardas cedidas, sendo o 13º time que menos cedeu jardas, com 1846 jardas cedidas. Também é a 11ª que menos cedeu pontos aos adversários, somente 16 até o momento. A defesa contra o jogo aéreo é o ponto mais fraco do time, cedendo até o momento 1342 jardas. Já o ponto forte dessa defesa é contra o jogo corrido. Em jardas cedidas, a defesa de New Orleans é a 8ª melhor equipe, cedendo apenas 504, e é o 3ª time (empatado com outros 3 times) que menos cederam touchdowns de corrida, cedendo apenas 2.

Em sacks o Saints tem ido bem, estando na 7ª posição (empatados com 4 outros times), com um total de 16 até esta partida. Apesar da secundária ceder muitas jardas, em interceptações eles tem se saído bem, é o 5º melhor time (empatado com outros 5 times), com 7 interceptações no total. Além disso, é o 5º melhor time (empatado com outros 4) em fumbles forçados, com 7. Desses 7 apenas 2 foram recuperados, mas 1 deles foi recuperado para um touchdown.

Os principais jogadores dessa defesa são o defensive end Cameron Jordan, que tem 5 sacks e um fumble forçado e uma interceptação, retornada para o touchdown. E o outro jogador é o safety Kenny Vaccaro, que tem 2 interceptações (a maior marca do time), além do fumble recuperado para o touchdown. Devemos ficar de olho também em Alex Okafor, que tem 2 sacks e 2 fumble forçados, e nos rookies Marshon Lattimore (cornerback) e Marcus Williams (safety).

Cameron Jordan (foto: www.yardbarker.com/nfl)

Sobre o time de especialistas: O Saints é o nono time com o pior aproveitamento em field goals (78.6%) na liga, com 3 field goals errados. Porém, enquanto quase metade dos times da liga erraram um extra point, New Orleans não errou nenhum acertou todos os 16 até o momento.

O Saints é um dos 3 times que tiveram menos de 20 punts chutados. Com isso eles tem apenas 927 jardas em punts, sendo o mais longo deles um de 68 jardas. Também foi um dos 10 times que retornou menos de dez punts. Com isso, retornaram apenas 60 jardas de punts.