Apaixonado por esportes, história e números, principalmente quando misturados com a magia e tradição de um dos principais times da NFL. Abordagens sobre o cotidiano do Green Bay Packers, assim como suas curiosidades e estatísticas. #GoPackGo

5-6… Os Packers voltam a campo neste domingo após uma partida singular no último Sunday Night Football. O time perdeu pela 6ª vez, verdade, mas apresentou um outro nível de jogo que surpreendeu a todos. A derrota ficará marcada mais pelos erros de Mike McCarthy do que essencialmente pelas falhas do time, em que Brett Hundley teve um de seus melhores, senão o melhor, jogos desde sua entrada no time. Para buscar superar o trauma do último domingo, nada melhor do que um jogo em casa e ao lado da torcida. A partida contra os Buccaneers coloca frente a frente dois times aos quais se esperava muito no início da temporada, mas que acabaram por figurar em posições mais baixas na liga e com desempenhos quase semelhantes. Os Buccs não conseguiram produzir tudo o que se esperava e contaram com a saída de Winston, por contusão, para vencer apenas 4 de 11 jogos. Winston volta contra os Packers, buscando manter quente o ataque aéreo do time e dar mais opções de jogadas do que aquelas feitas por Ryan Fitzpatrick. Nesse ponto, será um interessante teste para a secundária dos Packers, que vem de uma boa partida contra os Steelers. Por sua vez, os Packers, viram em Hundley um pouco mais de conforto na última partida, com boa rotação das jogadas e maior uso de passes. Se mantida a mesma performance, o time poderá vislumbrar um ataque potente e uma defesa competitiva, o que será chave para ao mesmo tempo em que segurar Winston, Martin e companhia, garantir ganhos de jardas e pontos frente a defesa que menos cedeu jardas na Liga.

Será o 55º jogo entre Packers e Buccs, ao qual os Cheeseheads possuem a vantagem de ter vencido 32 partidas. Outros 21 triunfos de Tampa e 1 empate foram registrados. No retrospecto em Green Bay, a vantagem é ainda maior, 19-7. Vamos conferir alguns pontos importantes para que o Packers consiga aumentar a sequência de 2 vitórias contra os Buccaneers:

1. Brett Hundley x Defesa TB
Hundley está evoluindo. É nítido que ele está conseguindo estabelecer os seus padrões dentro da dinâmica de ataque de Green Bay e com isso sentindo-se mais à vontade até para arriscar um pouco mais. Na sequência dessa evolução, Hundley enfrenta uma Defensive Line que, no geral, permite que o Quaterback adversário trabalhe no pocket, sendo a que menos realizou sacks. Igualmente, os Buccs são apenas a 20ª maior marca de interceptações conquistadas (9). Será importante que essa tendência observada nos números seja mantida por aqueles que protegerão Hundley, em um primeiro momento. Um jogador a ser observado e contido principalmente por David Bakhtiari e Ulrick John é o Defensive Tackle Gerard McCoy, líder em sacks pelos Buccs. Outra ameaça ao trabalho de pocket de Hundley pode ser Robert Ayeres, esperado voltar de concussão, que possui um bom trabalho de pressão na linha de scrimmage. Nos últimos 3 jogos que fez, conseguiu pressionar o Quaterback 5 vezes e realizar 1 sack.

Uma vez protegido, Hundley precisará seguir com o bom nível de passes e de jogadas rápidas, tal qual vimos no Sunday Night. Continuar a produtiva parceira com Davante Adams e Randall Cobb, distribuindo passes precisos e em profundidade será uma importante chave para a vitória. Hundley ainda possui um bom trabalho de pernas para o scramble que pode funcionar como boa alternativa frente a Defesa dos Buccs.

Resultado de imagem para BRETT HUNDLEY vs steelers
Brett Hundley e sua evolução. Uma excelente partida contra os Steelers levanta possibilidade de mais um bom jogo hoje, contra os Buccs. FONTE: STILL CURTAIN

2. Recebedores GB X Secundária TB
A defesa que vem cedendo 30 pontos/partida terá três alvos para se preocupar: Davante Adams, Randall Cobb e Jordy Nelson. É incrível como Adams e Hundley criaram química e o recebedor vem fazendo de 2017 uma temporada especial. Nos últimos 5 jogos, Adams completou 27 passes para 363 jardas e 2 touchdowns e hoje ele é o principal nome do Packers no quesito. A velocidade de Adams no desempenho de suas rotas e a boa impulsão que possui serão fatores fundamentais para fazer o ataque cheesehead andar. Ele será marcado de perto por Brent Gimes, Corner Back líder em interceptações pelos Buccs.

Resultado de imagem para davante adams vs steelers
O líder de recepções do Packers: Davante ou Mitante Adams. FONTE: NFL SPIN ZONE

Ainda em um plano secundário, Cobb e Nelson, nesta ordem, se apresentam e receberão a atenção dos demais componentes da secundária: o experiente e bom Robert McClain, Justin Evans e Chris Conte. Cobb vem sendo a segunda opção de Hundley e conquistando relevantes ganhos ao time. Nelson, vem aumentando a sua produção, assim como Hundley aumentando a quantidade de tentativas com o excelente recebedor. A qualidade dos 3 alvos frente ao que Tampa vem produzindo, permite projetar o jogo aéreo tendo um papel de destaque para a partida dessa tarde. Resta esperar que todos esses elementos: velocidade, impulsão, habilidade em se livrar da marcação e química com Hundley estejam na mesa.

Resultado de imagem para brett hundley vs steelers
Química com Cobb será importante na partida de hoje. FONTE: USA TODAY

3. Jameis Winston x Defesa GB
Este será o matchup de maior atenção para os Packers e que desafiará o bom trabalho do Front Seven de Green Bay. Jameis Winston voltará a jogar pelos Buccs depois de lesão no ombro e todos sabemos o quão atlético ele é. Um Quaterback ágil, forte e bem protegido por sua OL, que possui boa capacidade de lançamento e consegue conquistar bons ganhos, mesmo quando sobre pressão. Para essas características, a defesa de Green Bay precisará de grande atenção nas jogadas de blitz, superando os bloqueios adversários e ao mesmo tempo em fechar todos os espaços para a evolução de Winston. Nick Perry, líder em sacks, Mike Daniels, Jake Ryan e Blake Martinez são os nomes esperados para furar a Ofensive Line dos Buccs. Espera-se que Daniels e o Guard de Tampa, Kevin Pamphile duelem nos bastidores da proteção de Winston, que é apenas o 32º Quaterback mais sacado.

Resultado de imagem para NICK PERRY vs steelers
O destaque defensivo: Nick Perry. FONTE: PRO FOOTBALL TALK/ NBC SPORTS

4. Recebedores TB x Secundária GB
Os lançamentos de Winston são sempre perigosos e quando se possui um alvo como Mike Evans, as coisas sempre tendem ser mais difíceis para a secundária adversária. Esse será o principal ponto de atenção para esse setor dos Packers, em que caberá a Kevin King parar o principal recebedor do time, com 51 catches para 702 jardas e 4 touchdowns. King vem mostrando em toda a temporada o bom trabalho de cobertura que consegue realizar e para a partida de hoje precisará literalmente colar em Evans. Damarious Randall é outro jogador fundamental na formação da secundária, trabalhando por dentro, enquanto King alinha nas laterais, e que terá atenção voltada para o ágil DeSean Jackson, que volta de contusão, e Cameron Brate. Randall vem sendo importante na secundária dos Packers e lidera em número de interceptações (4). Para hoje, ele será igualmente fundamental.

Imagem relacionada
Líder em interceptações, este é Damarious Randall. FONTE: FANRAG SPORTS

O time enfrenta ainda dúvidas com alguns jogadores, como Clay Matthews, Ahmad Brooks e Kenny Clark, que estão listados como Questionáveis no Injury Report. Por outro lado, haverá um reforço dentre os corredores, com a volta de Aaron Jones, revezando as jogadas com Jamaal Williams.

É o primeiro de 5 jogos-chaves para Green Bay nesta reta final de temporada. O time que viu ontem Aaron Rodgers voltar aos treinamentos, ainda sonha com Playoffs, mas para isso precisará vencer todos seus jogos e torcer para tropeços em 2 semanas de Falcons, Lions e Seahawks. Contra os Buccs, praticamente sem mais chances de pós-temporada, espera-se um jogo disputado, com leve favoritismo de Green Bay, mas, sobretudo, que o time mantenha frente a sua torcida a entrega que teve no último domingo. Se Green Bay ainda quiser conquistar uma improvável vaga nos offs, não poderá mais errar.