Apaixonado por esportes, história e números, principalmente quando misturados com a magia e tradição de um dos principais times da NFL. Abordagens sobre o cotidiano do Green Bay Packers, assim como suas curiosidades e estatísticas. #GoPackGo

Ser um manager não é fácil! Decisões de repercussão de longo prazo passam pelas suas mãos e você não pode se dar ao luxo de ser indeciso ou desperdiçar oportunidades. Isto é potencializado sobretudo quando você é um manager de uma das mais tradicionais franquias da NFL, em que além das decisões do cotidiano, você precisa saber escolher quais os jogadores que possuem sinergia com suas aspirações ao time e o que você precisa para cumprir com seus objetivos e metas.

Ted Thompson não possui vida fácil nos dias de Draft e neste que será seu 13º não será diferente. Mas o quê influencia nas decisões de escolha de Thompson? Abaixo os 5 principais norteadores das decisões de Ted:

Ted Thomspon, GM do Gren Bay PAckers. Fonte:PAckers.com

1. O jogador está pronto para ser adulto, e corresponder a expectativa no time?

Ted Thompson necessita que aqueles que venham jogar em Green Bay, estejam maduros e prontos para aguentarem a pressão de defender uma das jerseys mais vitóriosas da história. É muito comum que os jogadores que são capitães em suas equipes ou bons alunos ou que fizeram trabalho voluntario sejam draftados,. Precisam ter alta capacidade de responsabilidade, trabalho em equipe e possibilidade de crescimento dentro do time. Já aqueles prospectos que não convencerem Ted Thompson nessa análise, não passarão para a 2ª fase de seleção do manager cheesehead.

Aaron Rodgers atuando por Cal no college. Fonte:USATodayNEWS

 

2. Ele possui aptidão física?

É fundamental para um jogador que queira jogar por Green Bay ter ótima condição física no geral e excepcional capacidade muscular, de acordo com as necessidades por posição. Estar com a parte física em dia ajuda na hora de ser escolhido e também para aperfeiçoamento dos skills necessários para a realidade de jogo da NFL.

Ha Ha Clinton-Dix atuando por Alabama. Fonte: NFL.com

3. Ele será compromissado com o trabalho?

Comprometimento é fundamental para que os jogadores entendam e impulsionem Green Bay no atingimento de seus benefícios. De nada adianta talento se o mesmo não vir acompanhado com o compromisso de melhorar sempre e se entregar ao time. O crescimento coletivo deve ser encarado como o crescimento individual e ter o compromisso de mantê-lo também é necessário.

Clay Mathews atuando por USC. Fonte:USC.com

 

4. Ele possui uma preparação mental para encarar o trabalho?

Ser forte mentalmente também é importante na formação e manutenção do foco necessário para compreender as estratégias de jogo do time, os direcionamentos internos estratégicos e, principalmente, lidar com a pressão. É fundamental que cada jogador saiba tomar decisões e compreender os impactos que as mesmas possuem para si, sua unidade e o time como um todo.

Mike Daniels Jogando por IOWA. Fonte:NCAA.com

 

5. O quanto de resultado este prospceto pode produzir?

Estes resultados seriam medidos quali e quantitiativamente, e sobre eles os rookies necessitarão mostrar seu valor, contribuindo para que o time tenha melhora de produçao ofensiva e defensiva. E que com isso consiga evoluir na luta por novos títulos.

Jordy Nelson quando ainda brilhava por K- State. Fonte:NCAA.com