Uma apaixonado pelo Green Bay Packers e um devoto de Brett Favre, Ahman Green, Jordy Nelson e Aaron Rodgers.

Olá queridos e queridas fãs do Green Bay Packers!!! A semana que se passou não foi das melhores para nós torcedores do maior da NFL. Com a primeira derrota na temporada regular para o Atlanta Falcons vimos nosso adversários de divisão perderem como nós e apenas o Detroit Lions esta invicto e com isso esta liderando a NFC North. E como é de praxe nessa coluna vamos destacar os principais fatos da semana 2 sobre os nossos rivais de divisão e saber o que esperar deles para essa semana 3 que já começou na quinta feira e tem continuidade nesse domingo. Então vamos a eles.

Chicago Bears

É a semana 2 foi de mais uma derrota para o nosso mais antigo rival de divisão o Chicago Bears. Dessa vez foi o Tampa Bay Buccaneers o grande carrasco do Bears impondo uma derrota de 29×07 e assim, Mike Glennon e companhia tiveram que amargar a segunda derrota na temporada regular. Vale lembrar que essa foi à primeira partida do Tampa Bay Buccaneers na temporada regular, uma vez que a partida contra o Miami Dolphins foi adiada devido ao furacão Irma que atingiu a região da Flórida.

Mas falando no jogo em si, o Bears não mostrou eficiência nenhuma em todos os setores. O ataque só conseguiu marcar apenas um touchdown encima do Buccanners, tendo mais uma atuação pífia de Mike Glennon que produziu 301 jardas, apenas um passe para touchdown e teve duas interceptações. Já no jogo terrestre as coisas ficaram ainda pior. Jordan Howard principal jogador da equipe conseguiu apenas sete jardas corridas em nove tentativas.

Se o ataque foi inoperante, a defesa não conseguiu segurar a responsa. Jaimes Winston impôs, mais de 200 jardas aéreas à defesa do Bears com direito a um passe touchdown e nenhuma interceptação. Além de Winston, dois outros jogadores de ataque do Buccaneers que merecem destaque nesse jogo, o wide reciver Mike Evans atingiu 93 jardas e marcou um touchdown e o running back Jacquizz Rodgers que obteve 67 jardas e um touchdown.

E nesse domingo o Chicago Bears recebe o Pittsburgh Steelers no Soldier Field às 14h no horário de Brasília. O jogo será de muito difícil para o Bears, uma vez que terá que encarar um forte ataque do Steelers com Big Ben, Le’Veon Bell e Antonio Brown, fora que eles tem uma defesa forte que poderá impor pesadelos ao ataque do Bears. Para se saírem vitoriosos, o Bears deverão fazer o imponderável e jogar em um nível acima do 100%.

Minnesota Vikings

Depois de uma espetacular estreia contra o New Orleans Saints em casa, o Minnesota Vikings teve que amargar sua primeira derrota, para o Pittsburgh Steelers por 29×09. Mas um dos fatores que foi determinante para que os Vikings não tivessem o mesmo desempenho da primeira semana foi à lesão no joelho de última hora do quarterback titular da equipe, Sam Bradford.

Com a saída de Bradford por causa de lesão, o ataque do Vikings sucumbiu à forte defesa do Steelers que só cedeu field goals ao nosso rival de divisão, com três ao todo. O Case Kennum começou como quarterback titular do Vikings e produziu muito pouco, com apenas 167 jardas passadas. Já no jogo terrestre a queda de rendimento foi ainda maior. Após uma estreia com 127 jardas corridas, o calouro Dalvin Cook conseguiu apenas a metade de jardas terrestres com 64 jardas e mais uma vez sem marcação de touchdown.

Junto com a má atuação do ataque, a defesa do Vikings que é considerada uma das melhores da NFL, não conseguiu aguentar a pressão, muito devido ao ataque não permanecer grandes períodos de tempo em campo. Isso dificultou o trabalho da defesa do Vikings que teve que lidar com um ataque muito forte do Steelers, e não por acaso Big Bem passou das 200 jardas, com dois passes para touchdown e nenhuma interceptação. Outros jogadores a serem destacados foram o wide reciver Martavis Bryant que passou das 90 jardas e marcou um touchdown Le’Veon Bell que passou da 80 jardas terrestres.

E para tentar esquecer essa derrota, nada melhor do que uma vitória. O Vikings recebe o Tampa Bay Buccaners, que vem de vitória, no U.S. Bank Stadium a partir das 14h no horário de Brasília. O retorno de Sam Bradford ainda é incerto e se ele não puder jogar, o Vikings mais uma vez se verá em dificuldades em se sair vitorioso, e a defesa mesmo que forte não vai conseguir aguentar o repuxo ao longo da partida.

Detroit Lions

O único a obter vitória em nossa divisão na semana 2 foi o Detroit Lions. Com isso eles lideram a NFC North com duas vitórias e nenhuma derrota. E essa segunda vitória foi obtida no Monday Night Football contra o New York Giants por 24×10 na casa do adversário. O equilíbrio entre ataque e defesa foi o grande diferencial da equipe de Jim Cadwell que assinou uma extensão de contrato de acordo com o insider da NFL e da ESPN Adam Schefter.

Na vitória sobre os Giants, Stafford teve um desempenho regular, tendo 122 jardas passadas e dois passes para touchdown. Já no jogo terrestre as coisas foram melhores. O running back Ameen Abdullah conseguiu atingir 86 jardas, facilitando assim o trabalho de Stafford que não ficou refém do jogo aéreo. Jogo aéreo, alias, teve um equilíbrio muito bom, com atuações relevantes do tight end Eric Ebron que fez 42 jardas e marcou um touchdown e do wide reciver Marvin Jones que fez 25 jardas para anotar um touchdown.

Com um ataque um pouco mais equilibrado, a defesa conseguiu ter um desempenho ainda melhor. Com a frágil linha ofensiva do Giants, Eli Manning foi derrubado nada mais nada menos do que cinco vezes pela linha defensiva do Lions, sendo três sacks foram do defensive end Ezekiel Ansah que ainda teve um fumble forçado no jogo. Outro jogador da defesa que contribuiu muito para a vitória do Lions foi o linerbacker Tahir Whitehead que 3 tackles bem sucedidos em 5 tentados e com direito a uma interceptação.

E o próximo adversário do Lions é um grande concorrente ao Super Bowl LII, o Atlanta Falcons. O jogo começa a partir das 14h no horário de Brasília no Ford Field e com transmissão da ESPN. O duelo será muito interessante uma vez que as duas equipes estão invictas e estão com desempenho muito forte nas duas primeiras semanas e só isso dão indícios de um jogo muito emocionante. Dois ataques muito envolventes com defesas que estão se fortalecendo.