Uma apaixonado pelo Green Bay Packers e um devoto de Brett Favre, Ahman Green, Jordy Nelson e Aaron Rodgers.

Olá queridos e queridas fãs do Green Bay Packers!!! Tivemos início da temporada regular e muita coisa aconteceu. Nosso time venceu na primeira semana, poderíamos ter um melhor desempenho contra o Seattle Seahawks, mas conseguimos ter a primeiro triunfo no certame da NFL. Mas a coluna que aqui vos fala irá focar em nossos rivais e saber um pouco do que fizeram em seus respectivos jogos. Então vamos a eles.

Chicago Bears

O Chicago Bears teve encarar em seu primeiro desafio o Atlanta Falcons, atual vice-campeão do Super Bowl 51. Mike Glennon contratado a peso de ouro fez seu primeiro exórdio na temporada regular e até que teve bons números, tendo 213 jardas, um passe para touchdown, nenhuma interceptação, porém a atuação poderia ter sido melhor se não fosse um fumble sofrido.

Já o principal jogador do Bears, o running back Jordan Howard não conseguiu o brilhantismo que teve na temporada passada, e pode se recuperar pela qualidade que tem. Nesse jogo contra o Falcons, Howard não conseguiu passar das 100 jardas terrestres, totalizando apenas 52 jardas no jogo todo, ficando atrás do running back calouro Tarik Cohen que obteve 66 jardas. Mas mesmo com o número baixo de jardas terrestres, Howard marcou um touchdown.

Pelos lados da defesa, os Bears até que foram bem. Conseguiram parar o bom jogo terrestre do Falcons, tendo Devonta Freeman apenas 37 jardas corridas, no entanto, o running back do Falcons conseguiu marcar um touchdown. Já Matt Ryan passou das 300 jardas e deu um passe para touchdown, porém sofreu dois sacks do defensive end Akiem Hicks. Mas no jogo aéreo a defesa do Bears sofreu. Além das mais de 300 jardas de Ryan, tight end Austin Cooper passou das 100 jardas e marcou um touchdown. Para o próximo jogo, contra o Tampa Bay Buccaneers, combate ao jogo aéreo e maior efetividade do ataque terão que ser os diferenciais para o Chicago Bears conseguir a primeira vitória na NFL.

Minnesota Vikings

O Minnesota Vikings começou bem a sua temporada com uma vitória de 29×19 sobre os Saints. Sam Bradford surpreendeu com uma boa atuação alternando bons passes para seus recebedores, em especial Stephon Diggs e Adam Thielen. Os dois wide recivers conseguiram atingir a incrível marca de 250 jardas combinadas e mais dois touchdowns.

Além dos dois, outro que merece um belo destaque é o bom começo do de temporada regular, o running back calouro Dalvin Cook. O garoto passou da marca de 100 jardas e teve inacreditáveis 5.8 jardas por tentativa. Só faltou um touchdown para abrilhantar ainda mais a sua atuação. Com esse desafogo pelo chão, Sam Bradford conseguiu obter bons números nessa partida contra o Saints. Atingiu 346 jardas, passou três passes para touchdown, nenhuma interceptação com direito de alto índice de acerto em seus passes, de um total de 32 passes ele acertou 27.

Se o ataque foi bem e obrigado, a defesa do Vikings continua muito forte. O seu front seven exerceu uma pressão incrível sobre Drew Brees, com direito a apesar de ter obtido apenas um sack, do defensive end Everson Griffen. Outro destaque para a defesa do Minnesota é o combate ao jogo corrido dos Saints. Agora do outro lado, Adrian Peterson debutou e não foi tão bem assim. O running back conseguiu apenas 18 jardas no jogo inteiro. E com essa boa efetividade da defesa no combate ao jogo terrestre, os Vikings terão um teste de fogo contra o Pittsburgh Steelers, que tem nada mais nada menos que Le’Veon Bell um dos melhores corredores da temporada passada.

Detroit Lions

Outro rival da nossa divisão que começou com uma vitória no certame da NFL foi o Detroit Lions. Contra o Arizona Cardinals, Matt Stafford conseguiu fazer uma boa atuação, levando o time a uma vitória por 35×23 na sua própria casa. Stafford que agora está de contrato renovado, tem que mostrar seu valor e elevar assim seu nível de competividade, uma vez que ele agora é o quarterback mais bem pago da NFL emboçando 92 milhões de dólares nos próximos cinco anos.

Com grana garantida, Sttaford não pensou duas vezes e se tornou o pesadelo para a defesa do Cardinals. O quarterback do Lions conseguiu mais de 290 jardas, quatro passes para touchdown, porém com uma interceptação a atuação poderia ter sido melhor. Outra peça importante do ataque dos Lions, o wide reciver Golden Tate teve um ótimo comportamento na partida, e obteve 107 jardas, mas sem nenhum touchdown na conta. Já o wide reciver calouro Kenny Golladay obteve um ótimo desempenho com direito a dois touchdowns e mais de 60 jardas de recepção. Se o jogo aéreo foi bem, o terrestre foi péssimo. Após estar fora de boa parte da temporada de 2016/2017, o running back Ameer Abdullah teve em seu retorno apenas 30 jardas produzidas e nenhum touchdown, e depender só do  jogo aéreo o Lions, terão um problema a ser resolvido.

Já no setor de defesa, os Lions obterão uma boa performance, principalmente em turnovers, tendo duas interceptações e um fumble forçado. Já o pass rusher continua com problemas, uma vez que só se teve sucesso um único sack do defensive end Anthony Zettel. E para o próximo jogo, contra o New York Giants, a agressividade e pressão sobre o quarterback tendem a ser maior sendo um diferencial para a vitória fora de casa, além do bom jogo terrestre.