Uma apaixonado pelo Green Bay Packers e um devoto de Brett Favre, Ahman Green, Jordy Nelson e Aaron Rodgers.

Alô alô nação Cabeça de Queijo!!! A temporada regular da NFL já está em seus momentos decisivos. Vários jogos importantes serão vistos daqui pra frente, e na semana 14 já tivemos indícios do que virá mais adiante. Nessa semana, tivemos a derrota do Minnesota Vikings por 31×24 para o Carolina Panthers, mas mesmo assim continua com uma campanha positiva com 10 vitórias e apenas três derrotas.

Já o Detroit Lions venceu fora de casa o Tampa Bay Buccanners por 24×21 no fim do jogo, e agora, soma sete vitórias e seis derrotas e voltou a briga por uma vaga no Wildcard. E nosso último rival da divisão, o Chicago Bears venceu pela quarta vez na temporada sob o comando de Mitchell Trubisky atropelando o Cincinnati Bengals por 33×7. Com isso a classificação está assim:

NFC North

1° Minnesota Vikings 10-3

2° Detroit Lions 7-6

3° Green Bay Packers 7-6

4° Chicago Bears 4-9

Chicago Bears

O Chicago Bears voltou a vencer, sendo essa a quarta vitória conquistada na temporada. Depois de um vexame no jogo anterior contra o San Francisco 49ers dentro de casa e perder por 15×14, o Bears não tiveram piedade do Bengals. Em números da equipe, Mitchell Trubiski teve 271 jardas e um passe para touchdown, Jordan Howard passou das 140 jardas terrestres e anotou dois touchdowns.

Pelo lado da defesa, essa se manteve consistente o jogo inteiro, basta ver o placar, mantendo muita agressividade e pressão sobre o qb adversário. Ao todo foram três sacks encima de Andy Dalton, uma interceptação e mais um fumble forçado. Além disso, o combate ao jogo terrestre foi eficiente, só cedendo 70 jardas corridas e no setor aéreo, Andy Dalton lançou para apenas 141 jardas em 14 passes completados de 29 tentados.

O próximo jogo do Bears acontece no sábado que vem contra o rival de divisão Detroit Lions, no Ford Field à partir das 19h30 com transmissão da ESPN. E para bater o adversário, o Bears terão que ter o ataque equilibrado, tendo Trubisky boas opções para lançar a bola e assim anotar touchdowns e o jogo terrestre com Jordan Howard e Tarik Cohen serão fundamentais para queimar o relógio, posicionar o time para bater fields goals e também marcar touchdowns.

A defesa tende a continuar agressiva. Matthew Stafford está com um problema na mão em que faz os lançamentos e isso pode gerar problemas nos passes em profundidade. Com isso a secundária se estiver marcando bem os principais recebedores do Lions e a pressão sobre Stafford for com muito sucesso, poderão propiciar grande possibilidades de vitória o Chicago Bears.

Minnesota Vikings

O Minnesota Vikings está muito perto de garantir a divisão da NFC North, mesmo após ter perdido no último domingo para o Carolina Panthers. Antes desse jogo o Vikings enfrentou o Atlanta Falcons fora de casa e saiu vitorioso por 14×09. Porém, o embalo para obtenção da 11ª vitória na temporada acabou sendo sufocada por Cam Newton e companhia.

Mesmo com a derrota o time se mostrou forte e após estar perdendo por uma considerável diferença de pontos, o Vikings conseguiu até empatar o jogo em 24×24, mas não foi suficiente para virar o placar. Nas estatísticas Case Keenum obteve 280 jardas aéreas, dois passes para touchdown e duas interceptações. Seu principal alvo foi mais uma vez o wide reciver Adam Thielen que teve 105 jardas em seis recepções e anotou mais um touchdown.

Contudo, a defesa teve um teste de fogo, parar Cam Newton. Até que no combate ao jogo aéreo a defesa do Vikings se saiu bem, cedendo apenas 137 jardas e um touchdown para Newton. No entanto, no combate ao jogo terrestre as coisas foram terríveis. Só o running back Jonathan Stewart completou 16 carregadas para 103 jardas e teve a marcação de três touchdowns. Na pressão encima de Cam Newton foram apenas dois sacks e uma interceptação.

No domingo, o Vikings retorna a sua casa, o U.S. Bank Stadium e recebe o Cincinnati Bengals às 16h no horário de Brasília. Esse jogo será a grande oportunidade ao Vikings de conquistar mais uma vitória na temporada e assim, ficar de forma definitiva a divisão. podendo pensar para próxima partida garantir de vez a seed 2 e quem sabe ganhar a seed 1, o que possibilitaria a equipe de Minneapolis jogar todas as partidas em casa.

Detroit Lions

Por mais uma temporada o Detroit Lions está nos atrapalhando. Mesmo após ser derrotado por 44×20 para o Baltimore Ravens, com uma atuação desastrosa da defesa, o time liderado por Matthew Stafford foi em busca da recuperação no último domingo em outra partida fora de casa, desta vez o adversário era o Tampa Bay Buccaneers. O jogo foi complicado, mas nos últimos minutos o kicker Matt Pratter garantiu a vitória do Lions e assim, manter vivas as chances de playoffs do time de Detroit.

Em um resumo breve do jogo, tivemos Matthew Stafford lançando para 381 jardas, conectou um passe para touchdown e teve duas interceptações. Outros dois destaques do time de ataque ficaram por conta do wide reciver Golden Tate que completou 85 jardas em cinco recepções e teve um touchdown anotado e o running back Theo Riddick qaue teve 93 jardas totais e marcou dois touchdowns

No setor defensivo, as coisas foram um pouco melhores. Foram duas interceptações, dois fumbles forçados e mais dois sacks e meio. Ou seja, a pressão exercida pelo pass rusher do Lions enfim resolveu funcionar. Porém, o jogo aéreo adversário foi um problema. Jameis Winston passou para mais de 280 jardas, de 26 passes completos em 38 tentados e passou para dois touchdowns.

Agora o desafio é dentro de casa, e com o direito a um confronto com um rival de divisão, o Chicago Bears. O time de Trubisky vem embalado após uma vitória esmagadora sobre o Cincinnati Bengals. Mesmo estando em último na NFC North, o Bears podem oferecer muito perigo ao Lions, uma vez que a defesa se manter a agressividade do jogo passado poderá forçar Stafford a lançar as bolas de forma mais rápida, sendo que o qb de Detroit está com uma lesão na mão em que lança. Para isso, o jogo terrestre deve funcionar, uma vez que está se mostrando mais uma inefetivo por toda a temporada até aqui.

Por hoje é só e voltamos a se encontrar na semana que vem, e sem atrasos. Go Pack Go!!!