Ansiosos para o início da temporada regular nação? Estamos na contagem regressiva, faltando menos de um mês para o começo da caminhada dos Packers rumo a mais um troféu Vince Lombardi. A expectativa é de uma ótima temporada para o time de Wisconsin, mas o que podemos esperar de nossa secundária?

A secundária dos Packers na temporada passada com certeza foi o grande calcanhar de Aquiles daquele elenco. Cedemos aos nossos adversários um total de 4308 jardas aéreas (mais do que nosso ataque produziu: 4199 jardas), fomos a segunda pior equipe neste quesito, “perdendo” apenas para o New Orleans Saints que cedeu 4380 jardas durante a temporada regular.


Julio Jones x Damarious Randall, final da NFC. Fonte: http://thefalconswire.usatoday.com

Após perder Micah Hyde para os Bills, e Sam Shields (que vem sofrendo problemas com concussão), Ted Thompson resolveu fortalecer nossa secundária. Trouxe do Jacksonville Jaguars Davon House, figura conhecida já que jogou em Green Bay entre 2011 e 2014, e draftou nomes com enorme potencial: Kevin King e Josh Jones.


Kevin King, primeira escolhe dos Packers no draft de 2017. Fonte: https://theundefeated.com

Além da qualidade técnica, House vem para ser líder do jovem esquadrão de cornerbacks que hoje conta com Damarious Randall, Quinten Rollins, LaDarius Gunter e os rookies Kevin King e Josh Jones (este último é Safety, mas também pode jogar alinhado como Cornerback). Davon House jogando pelos Jaguars, nas últimas duas temporadas possui 4 interceptações, 23 passes defendidos, 1 fumble forçado, 1 fumble recuperado e 62 tackles. Um fato curioso é que da última vez em que House esteve em Green Bay, nenhum de seus companheiros de posição jogavam na NFL.

Resultado de imagem para davon house packers
Davon House desviando passe contra Julio Jones. Fonte: http://host.madison.com

Além da chegada de House, outro fator que pode fortalecer ainda mais esse jovem grupo de cornerbacks, é a segurança que nossa dupla de Safetys fornecem. Ha Ha Clinton-Dix e Morgan Burnett foram os destaques de nossa secundária na temporada passada, juntos combinaram para 129 tackles, 7 interceptações, 16 passes defendidos, 3.5 sacks, 1 fumble forçado e 1 fumble recuperado.

E para você caro leitor? Iremos sofrer novamente com nossa defesa ou este ano tem tudo para ser diferente?