Apaixonado por esportes, história e números, principalmente quando misturados com a magia e tradição de um dos principais times da NFL. Abordagens sobre o cotidiano do Green Bay Packers, assim como suas curiosidades e estatísticas. #GoPackGo

Era 2009, uma época como esta em que vivemos. Vários jogadores recém saídos da NCAAF, ansiosos por saber em qual franquia da NFL iriam atuar. Medo, angústia e…TRABALHO!


Julian Edelman estava neste grupo de jogadores e fez duas sessões de trabalho no New England Patriots, como contou nesta terça ao NFL TOTAL ACCESS. As duas sessões foram comandadas pelo técnico de running backs, Ivan Fears, porém não significaram para Edelman a ida imediata para New England

“Assim que o Draft acontecia, cada vez mais pensava que eles (NE) não tinham gostado de mim. Assim, comecei a buscar outras oportunidades e mantive contatos com outros 10 times para uma eventual vaga na Free Agency. Dentre os times, comecei a pensar no Green Bay Packers e quase assinamos. Pensei ser uma grande oportunidade para mim!”, disse Edelman

Uma dos grandes momentos do último Super Bowl vencido pelos Patriots. Fonte: Sports Ilustrated

Mas seu agente, Don Yee, tinha outros planos e informações. Edelman de fato tinha agradado New England e seria uma das últimas escolhas naquele draft. Isto foi o suficiente para convencê-lo a não assinar nada com os Cheeseheads e aguardar até a posição #232 e atender a ligação de Bill Belichick: “Não sabemos se você “jogará” futebol, mas sabemos que você pode fazê-lo. Te esperamos no Camp.”

Bom, o final da história sabemos e ainda assistimos. Edelman foi para Boston e foi campeão 2 vezes com os Patriots nos Super Bowls 49 e 51…Mas já pensou se ele estivesse recebendo lançamentos de Aaron Rodgers??