Paulista de nascimento, amante de bons filmes e livros e cheesehead por pura paixão. Meu primeiro contato com a NFL foi num jogo entre Broncos e Steelers, na época Tim Tebow era o quarterback do time de Denver. Identifiquei-me com ele pelo fato de ser cristão, o que para mim não era algo tão comum assim, e por ser um bom jogador. Desde então, fiquei encantada pelo esporte. Mas foi em 2012 que vi Aaron Rodgers e Clay Matthews pela primeira vez e foi amor a primeira vista. A partir daí comecei a me informar sobre o time e também sobre a liga, as suas regras, os times participantes, os jogos históricos e a boa e velha rivalidade entre alguns times, o que torna o jogo bem mais interessante.

Video com os melhores momentos de Eddie Lacy temporada 2014-15. Youtube – HighlightsProductions 

É sabido que Eddie já assinou um contrato de US$ 5,5 milhões de dólares por um ano em Seattle. Provavelmente, muitos não conhecem tão bem assim a história de um jogador versátil que tornou-se um monstro, ou melhor, o Hulk nos campos de Green Bay nos últimos quatro anos.

Eddie Lacy defendeu a Universidade do Alabama pelo College Football (NCAA) de 2010 a 2012. Assim, participou do Combine e consequentemente dos Drafts no ano de 2013. Ainda na fase universitária, foi protagonista de grandes lances e dono de estatísticas promissoras. No total, ele alcançou 2402 jardas corridas e 30 touchdowns enquanto jogou pelo time de Alabama . Só em 2012 alcançou 1322 jardas corridas, além de ser o MVP da partida entre Alabama e Notre Dame. Durante sua carreira na universidade, Eddie mostrou sua versatilidade, agilidade e porte físico atlético. Ele era bem mais magro naquele tempo, é verdade, mas não tínhamos a menor ideia do que ele se tornaria à partir do ano seguinte.

Escolhido no segundo round pelo Green Bay Packers, Eddie chegou mostrando a que veio. Aaron Rodgers já tinha ao seu lado um ataque muito bom, mas o time precisava melhorar. O Packers precisava de alguém forte, que pudesse quebrar tackles e apresentar um diferencial em campo. E não é que o Ted acertou na escolha? Em 2013, Eddie Lacy fecha a temporada com 1.178 jardas corridas.  Um dos jogos mais emocionantes, dentre tantos, Eddie protagonizou uma corrida de 60 jardas contra o Cowboys na semana 15. O Packers estava perdendo e com esse fator “surpresa”, o time consegue desmontar o Cowboys. Assim, Green Bay termina o jogo vencendo por 37-36. Em 2014, Eddie estava mais forte e com toda certeza, ele se tornou um jogador de peso. E que peso! Foi uma muralha. Quebrou tackles que nunca imaginaríamos que pudesse acontecer na historia de Winsconsin. Eddie, agora Hulk, era uma das principais armas de Aaron Rodgers e um pesadelo para o time adversário, inclusive o Seahawks. Já em 2015 e 2016 seu rendimento caiu por causa de contusões e uma cirurgia.

Sabe-se bem que muita coisa no esporte são negócios e quando falamos de NFL, isso torna-se ainda mais latente. Jogadores que passamos a amar são dispensados e contratados por outros times, mas tudo isso faz parte. Há perdas e ganhos para os dois lados. Neste caso, o que perdemos no ataque é a nossa muralha verde, a Besta ou o nosso Hulk. Com ele em campo, tudo parecia fácil e tranquilo quando o assunto era avançar 10 jardas ou mais, encontrar espaços livres em campo, não deixar a defesa derrubar, entre outras inúmeras qualidades. Isso não quer dizer que não temos ótimos jogadores no nosso ataque, mas para os fãs, como essa que vos fala, o Hulk vai fazer falta.

Seattle ganha um ótimo reforço, embora Lacy não tenha jogado a temporada passada. Ainda ssim, sabemos que Russell Wilson precisa de um reforço na sua linha ofensiva que foi um pesadelo para o torcedor dos em 2016. O time precisa alinhar e rápido suas forças, se quiser voltar a entrar no páreo para o próximo SuperBowl. Se eles souberem aproveitar, o que acredito que vai acontecer, Eddie será um dos jogadores mais promissores. Se ele já é bom, pode apostar que ele será ainda melhor. Esperamos que não aconteça outro incidente como o das duas últimas temporadas.

O desejo da nação Cheeseheads Brasil é que ele tenha uma ótima temporada. Aviso a Seattle, cuida do nosso monstrinho, senão a gente toma ele de volta! Estamos de olho!