Site não-oficial do Green Bay Packers no Brasil!

No último domingo, contra Minnesota, não sabíamos o que esperar do linebacker Clay Matthews que, aos poucos, melhorava seu status retornando de lesão.


Essa dúvida foi descartada quando ele participou de 55 snaps e nos lembrou o Matthews que costumava causar medo nos quarterbacks adversários: desviou dois passes, e sackou o quarterback uma vez forçando um fumble.

Do outro lado do campo, Nick Perry participou de 35 snaps e anotou dois sacks, se firmando como o melhor defensor do Packers nesse quesito com oito. Ainda que jogando com uma proteção do tamanho de uma luva de boxe na mão esquerda.

O retorno dos dois rushers dá um tom diferente a defesa, ainda que não estejam 100%. Os ataques adversários dobram a sua atenção nas extremidades da linha e possibilitam match-ups favoráveis em outras posições do campo, e se não o fazem são castigados pelo Claymaker.

O alto-nível em que o ataque vem jogando somado a retornos de peças importantes na defesa é o cenário ideal para o Packers se sagrar campeão de divisão, no domingo, e fazer sua corrida até o Super Bowl, em janeiro.